terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

jura-se

jura-se guardar pra sempre
o CD do 14 bis
o umbigo dos filhos
o primeiro caderno de desenhos
daquele curso no arena cultural
o mapa astral plastificado
as promissórias do imóvel
conchas de jericoara
o sangue do arrebol
naquela ida secreta
ao mirante

jura-se inutilmente
tão perdíveis tais tesouros
quanto estas tatuagens de rena
que nos poemas
chamamos de amor






Nenhum comentário:

Postar um comentário