quinta-feira, 5 de março de 2015

Poético

ah, geraldo
agora que me reconhecem
muito do que eu dissesse
poderia ser poesia

mas poético
é superar seus sonhos de céu islamita
com meu penhoar de oncinha
e meu cheiro de sexo

mesmo sua ira
diante das coxas peru
mal temperadas e queimadas

é poética
(nem ligue por eu contar
todo mundo sabe que não se cozinhar)

ainda posso fazer 

uns poemas fraturados
você já colou meus cacos
mas quem precisa saber?

para agradar os herméticos
posso relacionar
um copo de leite
com a bóson de higgs

posso destilar meu amor e ódio
por heidegger, céline, pound
bukowski, e até
a porra do burroughs
e pronto
está declarado
todos merecem ser apreciados

mas poesia
poesia mesmo
é ser a sua sherazade
a nova sandy
sua bruna surfistinha
de meia-idade

NSL
05/03/15

Nenhum comentário:

Postar um comentário