terça-feira, 17 de março de 2015

acomodar

acomodá-lo de bruços 
sobre o joelhos
e com jatos mornos d'água 
lavar com cuidado suas dobras

com as mãos em concha
guardar as orelhas e os olhos
do excesso de água
e da espuma do sabão

secá-lo
untá-lo 
com talcos e óleos 
vesti-lo
alimentá-lo

ignorar 
o leite derramado
a vida intima em pausa
em prol do seu desabrochar

enlevar-se 
diante do seu sono
do primeiro passo
do primeiro dente

e esperar  calmamente
que ele ignore seus sonhos
e despedace seu coração

NSL
17/03/15

Nenhum comentário:

Postar um comentário