sexta-feira, 1 de novembro de 2013

reconcilio com o tempo

por sete dias 
a menina estancou
um olho fechado
o outro baço
era agosto

_ Caiu a espinhela!
_ Está aguada!
era o que dizia
o povo da casa

por fim 
a rezadeira chegou
um olho se abriu
e o outro brilhou
para ver as mãos 
que vibravam um ramo

embebida na força
armada de planta
emanada da tez 
negra, fina, luzida
frágil quase a ponto 
de rasgar
a menina 
ergueu-se vigorosa
e bradou

_ Dezembro chegou!

N.S.L.
01/11/12

Nenhum comentário:

Postar um comentário