domingo, 22 de dezembro de 2013

inexorável

chega um dia que resta a uma mulher
amputar a vontade gangrenosa
de ser tudo e todos no mundo


chega um dia que resta a uma mulher
ir parindo a si mesma vagarosamente
até pôr-se completamente ao avesso


chega um dia que resta a uma mulher
mastigar suas memórias
como uma cadela à sua placenta


chega um dia que resta a uma mulher
renunciar aos companheiros de viagem
raposas que devoram seu o ventre


chega um dia que resta a uma mulher
aceitar a triste tarefa
de ser assopradora de ossos


 NSL
22/12/13

Nenhum comentário:

Postar um comentário